Actualice su navegador
ir al contenido

Rochester Hotel - concept

CONSULTE ON LINE

Campo

Gauchos

É o cavaleiro Sul-americano, protagonista da história argentina. O descreve como valente, forte, ho,bre de campo, singelo e humilde que cuidem seu gado. Foi sempre muito respeitado e em sua honra se escreveram grandes obra literárias como O Martín Ferro do José Hernández. Hoje chamamos Gaúchos a quem se dedica a trabalhos de gado e vivem nas zonas rurais do país.

Por outra parte, ainda encontramos ao longo de todo o território argentino as famosas estadias, casas de mais de 200 anos de história que foram refaccionadas, mantendo sua arquitetura de estilo inglês e francês ou sóbrio colonial de seus orígenes, mas as transformando em estabelecimentos agropecuárias que brindam excelente alojamento e diferentes atividades para fazer durante o dia. São pequenos e luxuosos hotéis, com todos os serviços necessários para seu maior comfort, onde você peude realizar tarefas de campo, como: passeios a cavalo, pesca, observação de aves, jogar pólo e ao golfe, tocar o gado, as ordenhar vacas, erra-a de vacunos, assinalar os cordeiros, tosquiar ovelhas, ou contemplar uma domesticação ou cavalgada a cargo dos gaúchos, e desfrutar de uma roda de viola e bailes folclóricos.

Sempre se comparou ao gaúcho argentino com o grosseiro mexicano, o huaso chileno, o habitante das planícies venezuelano-colombiano, o vaqueiro americano, o chagra equatoriano, o qorilazo e o morochuco peruano. Por outra parte, à mulher gaúcha a chamou "patrícia", "guaina"(no norte litoraleño), "gaúcha" e mau chamada "China".

É uma experiência inesquecível que vale a pena realizar.
Subir