Actualice su navegador
ir al contenido

Rochester Hotel - serena

Ar livre e Ecoturismo

O ecoturismo é baseado nos princípios da Declaração do Rio de Janeiro sobre Desenvolvimento e Meio ambiente; estimula uma fórmula de férias favorável à conservação das terras visitadas, com um baixo impacto ambiental e cultural, e que propicie, de um ponto de vista socioeconômico, a participação das populações locais O conceito de turismo sustentável convida a viajar e a visitar áreas naturais para desfrutar, apreciar e estudar seus atrativos (paisagem, flora e fauna silvestre) e suas manifestações culturais. Também implica uma tomada de consciência sobre o passo humano e seu rastro fatal nas praias de areia: sacolas de nylon e plásticos de todo tipo são abandonados na costa e o vento ou as marés se encarregam de arrastá-los ao mar, onde podem flutuar por vários anos sem se degradar.
Búzios tem uma geografia particular e maravilhosa, ideal para os esportes e a diversão. Oferece inumeráveis caminhos escondidos e passadiços para realizar mountain bike e trekking.
Para aqueles aventureiros e amantes da natureza Búzios é o lugar que estão procurando. Praias paradisíacas, paisagens magníficas com riquíssima fauna e flora tanto terrestre como marinha. A natureza e o homem em contato direto. No centro da cidade, podem-se alugar bicicletas e equipamentos, mapas, instrutores e guias.

Pontas das Emerências

um dos locais mais concorridos em Búzios, está localizado à direita da Praia de Tucuns. A "Serra das Emerências" abriga exemplares típicos e raros da Mata Atlântica. Nesta região até podem ser encontrados os quase extintos Macacnos Leão Dourados e por incrível que pareça, muitas árvores de Pau-Brasil. A serra se caracteriza por pequenos maciços costeiros de origem pré-cambriana, destacando-se espécies endêmicas, como o cacto "Piloso Sereus Ulei". Em locais protegidos do vento, onde o movimento de areia é menor, a vegetação se desenvolve mais, predominando arbustos e árvores. O decreto criando a Área de Preservação Ambiental (APA) do Pau-Brasil protege seis praias e seis ilhas do litoral de Cabo Frio e Búzios. Esse decreto evita o corte, caça, loteamentos, abertura de estradas, minas e atividades, pelo menos nos próximos cinco anos, prazo para a elaboração de um plano de manejo do APA. Dentro do APA há 12 mil m2 quadrados de reserva de Pau-Brasil, que é estudada e monitorada por uma equipe do Jardim Botânico do Rio. A área protegida é uma das 14 áreas do Brasil consideradas ricas em vegetação endêmicas e centro de diversidade de plantas. Das 14 áreas, somente duas estão no Rio: A Mata Atlântico e o litoral de Cabo Frio e Búzios.

Ponta da Lagoinha

a 300 metros da praia da Ferradura, a formação rochosa retém as águas limpas e cristalinas das ondas que batem nas rochas de 520 milhões de anos. A Ponta da Lagoinha é a garantia histórica de que Búzios foi uma região com as mesmas características do Himalaya. Devido a seu difícil acesso, Ponta da Lagoinha é extremamente privada e ideal para perceber a energia da natureza: de formações rochosas, piscinas naturais, abundante fauna marítima e vegetação nativa, incluindo o cacto de cabeça branca, que cresce apenas neste litoral.. As pessoas que decidem visitá-la optam pela meditação e a pesca.

Ponta do Criminoso

Ponta do Criminoso. Conta com uma pequena praia escondida, uma formação rochosa com espetaculares vista das praias de João Fernandes, João Fernandinho e Praia Brava. A "Ponta do Criminoso" está situada no lado direito da praia do João Fernandinho, e é bastante visitada por pescadores e mergulhadores, por sua fama de mostrar grande variedade de peixes.

Reserva de Tauá

Reserva de Tauá: é uma reserva arqueológica, antropológica e geológica. Através de caminhos naturais em Tauá, encontra-se enorme diversidade de bromeliáceas, cacto e exóticos cipós. É um labirinto verde de muito mistério, com vários recipientes cheios de frutas para alimentar animais silvestres ao longo do caminho. É possível ver macacos "mãos-peladas", lobos "cachorros-do-mato", macacos "macacos-prego", quatis, tatus e muitas outras espécies ameaçadas de extinção. Por sua parte, as bromeliáceas fazem um espetáculo destacável com sua diversidade e colorido.

Um museu localizado na reserva guarda um arquivo de obras de artistas de Búzios. Está localizada em uma área de cerca de 100 mil metros quadrados, onde já existiu mar faz cerca de 6.000 ou 7.000 anos. Ainda é possível ver o chão todo coberto de caracóis brancos. Estima-se que 40% das 1.300 espécies de bromeliáceas existentes no Brasil estão em Tauá.
A Reserva ocupa aproximadamente três milhões de metros quadrados, repleta de formação de vegetais típicos da região que servem de abrigo para as aves migratórias. As aves percorrem 2400 quilômetros para chegar a Búzios.
Um aspecto intrigante é a praia fóssil, que existiu entre 4.500/7.500 A.C. e foi coberta pelo mar. No período quaternário, quando o mar se retraiu, a praia ressurgiu. Procurando resgatar a cultura brasileira, a ambientalista construiu oca indígena com os objetos confeccionados pelos próprios índios guaranis. Batizada de Casa da Reza, a construção consumiu 10.800 palhas de palmeira guaricanga, taquaras e varetas amarradas com casca de árvore.

Como chegar: Bairro de Rasa, rua secundária, mais três quilômetros de caminho de terra.

Restinga de Tucuns

Restinga ao longo da Trilha das Pitangueiras se encontram muitas destas árvores características, “restinga”, que é a vegetação própria do litoral do Estado do Rio de Janeiro. Faz parte do Parque ou reserva "APA do Pau-Brasil" (Área de preservação ambiental da árvore) cobre 9.940 hectares, compreendendo suas partes continental, insular e marítima. Dentro da Região dos Lagos, estado do Rio de Janeiro, em território localizado entre a Praia de Tucuns, em Búzios, e o Canal do Itajuru, em Cabo Frio. Esta área é alvo de constantes intervenções, devido ao crescimento imobiliário, ao turismo predatório, à urbanização e à implantação de comércio ilegal.

Caminho para as poças

Caminho para as poças: Poças das Tartarugas são piscinas de água salgada entre a parede de pedras e o mar. Para aventureiros, este espetáculo raro da natureza. Entalhe de pedras e diques vulcânicos compõem poças de cursos naturais para a água do mar, que cai formando uma exuberante cascata de água salgada com diferentes níveis de queda. Sempre que esteja o mar agitado e a maré também, poderá se apreciar este espetáculo da natureza. Para chegar até as "Poças das Tartarugas" só siga pelos caminhos naturais a partir da praia "dos Amores", que fica no lado esquerdo de Ferradurinha. O acesso não é fácil e os novatos devem procurar orientação de algum guia ou informação no local.

Ilha do Caboclo

Ilha do Caboclo: a 200 metros do cais da Praia do Canto, considerada uma reserva ecológica. Excelente ponto para a pesca amateur

SUBIR
Serena Boutique Resort